SENACEM VI
Base Nacional, currículo e práticas inovadoras:
Caminhos Para a Escola de Qualidade
SENACEM VI

Sobre o evento

VI Senacem: Seminário Nacional do Ensino Médio
IV Enacei: Encontro Nacional Ensino e Interdisciplinaridade na Escola Pública

Base nacional, currículo e práticas inovadoras: caminhos para a escola de qualidade 

 

O VI Seminário Nacional do Ensino Médio (SENACEM) e o IV Encontro Nacional Ensino e Interdisciplinaridade (ENACEI), com o tema Base nacional, currículo e práticas inovadoras: caminhos para a escola de qualidade, pautam a perspectiva da construção do currículo na escola, por meio de saberes, culturas e ciências para uma educação de qualidade. O evento tem como propósito constituir-se como espaço de discussões e debates para pesquisadores (as), estudantes do ensino médio, da graduação e da pós-graduação, professores (as) universitários (as) e da educação básica que atuam, pesquisam, refletem e problematizam as práticas inovadoras na escola.

As atividades do evento pretendem servir como espaço de produção e apropriação de conhecimentos e desenvolvimento de práticas educativas inovadoras com foco em reflexões e experiências interdisciplinares, aproximando investigadores e investigadoras da educação de diferentes matizes teóricas.

Com tal intuito, pretendemos discutir caminhos para potencializar o fortalecimento da aprendizagem na escola inclusiva, diversa e com qualidade. Assim, enfatizamos as pesquisas desenvolvidas nas escolas em todo o nordeste brasileiro, estabelecendo relações com as demais regiões do país. A socialização das pesquisas ocorrerá por intermédio da sistematização de 16 (dezesseis) Grupos de Discussão (GD), considerando os eixos estruturantes do seminário, que são: 1. Qualidade no ensino e políticas curriculares; 2. Práticas inovadoras e juventudes; 3. Inclusão e diversidades.

A soma de esforços e apoios de expressivas instituições acadêmicas parceiras, como a UFERSA, o IFRN, o IFCE, a UECE, a UFC, a UFPB, o UFRN, a UERJ, a UFRJ, a UFMT, entre outras, com as Secretarias do Estado do RN e do Município de Mossoró e, por conseguinte, com as escolas da região, objetiva aproximar o debate acadêmico do espaço escolar, intentando diminuir o fosso que separa o pensar e o fazer as políticas e os currículos escolares, do fazer cotidiano das escolas e dos seus sujeitos.

A construção coletiva do SENACEM/ENACEI, com a determinação de muita gente comprometida com a escola pública, já ocupa lugar importante no debate sobre a qualidade do ensino. Vamos ao debate!

 


 

Sobre o SENACEM – Histórico

 

Em 2011, o primeiro Seminário Nacional do Ensino Médio - Senacem, intitulado “História, mobilização e perspectivas”, surgiu com a pretensão de discutir as políticas governamentais e suas apropriações e recontextualizações na escola, enfatizando os processos históricos, políticos e ideológicos que permeavam a educação básica. O evento atingiu a participação de 600 pessoas.

Em 2012, a segunda edição abordou a temática “Profissão docente, currículo e novas tecnologias”. O evento propiciou espaços de debates para pesquisadores (as) com experiências em diversas áreas de formação e diferentes regiões do país, discutindo os desafios e as possibilidades contemporâneas para a docência, a formação e a utilização das novas tecnologias no Ensino Médio. Atingiu a participação de 950 pessoas.

Em 2013, a terceira edição se apresentou como uma possibilidade de mediação e reflexão crítica, rigorosa e de conjunto da realidade educacional que envolve o Ensino Médio. Seu objetivo foi o de contribuir, fomentar e suscitar o debate teórico e epistemológico acerca dos currículos, aprendizagens e saberes que mobilizam as práticas educativas. O evento alcançou um público de 1.150 pessoas.

Em 2016, a quarta edição privilegiou a temática “Ensino, juventude e diversidade na escola pública”. Tal temática favoreceu a reflexão sobre os rumos que a política do ensino médio tem tomado, pensando sobre os processos mediativos do mesmo em relação à questão curricular e suas inter-relações com as diferentes formas de aprendizagem e aquisição/apropriação de saberes. O público ultrapassou 1.200 participantes de diversas partes do país.

Em 2018, a quinta edição trouxe o tema “A escola que persiste: desafios pela inclusão, diversidade e qualidade do ensino na escola pública em tempo de crise” com a proposta inovadora de aproximação maior com docentes, discentes e os profissionais da educação básica, tornando efetiva a necessária conjugação de saberes entre a escola e a universidade. O público ultrapassou 1.200 participantes.

 

Sobre o ENACEI – Histórico

 

Em 2016, a primeira edição do Encontro Nacional Ensino e Interdisciplinaridade na escola pública (ENACEI) privilegiou a temática  “Ensino, juventude e diversidade na escola pública”, favorecendo a discussão em torno dos rumos que a política do ensino tem tomado, refletindo sobre os processos mediativos do mesmo em relação a questão curricular e suas inter-relações com as diferentes formas de aprendizagem e aquisição/apropriação de saberes. Mais de 600 (seiscentos) participantes de diversas partes do país realizaram discussões e debates sobre políticas educacionais, currículos, produção, apropriação de conhecimentos e desenvolvimento de práticas educativas inovadoras. A produção bibliográfica foi significativa, contando com a apresentação e publicação de 300 (trezentos) trabalhos nos anais do evento. As conferências foram publicadas em livro pelas Edições UECE, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Ensino (UERN/UFERSA/IFRN).

Em 2017, o II ENACEI trouxe como tema “Desafios pela inclusão, diversidade e qualidade do ensino na escola pública em tempo de crise”, propondo aproximação maior com docentes e discentes da educação básica, tornando efetiva a necessária conjugação de saberes entre a escola e a universidade. A segunda edição atingiu a participação de 800 (oitocentas) pessoas entre professores da educação básica e universitários, estudantes de graduação e de pós-graduação, gestores de escolas, técnicos da secretária de educação e do MEC. A produção bibliográfica também, mais uma vez, mostrou-se significativa com a publicação de 400 (quatrocentos) trabalhos apresentados nas comunicações e publicadas nos anais do evento. Como na edição anterior, as conferências foram publicadas em livro pelas Edições UECE.

O III Encontro Nacional Ensino e Interdisciplinaridade (ENACEI), em 2019, com o tema Base Curricular, saberes, culturas e ciências: construção do currículo interdisciplinar na escola, discutiu a construção do currículo interdisciplinar na escola por meio de saberes, culturas e ciências. Atingimos mais de 1000 (mil) participantes. Quase 500 trabalhos foram publicados nos anais dos eventos.

 

01 Discutir as possibilidades, apropriações e implicações da base nacional para a educação de qualidade;

02 Propiciar a socialização de práticas inovadoras que impulsionam a construção da escola de qualidade;

03 Analisar saberes, culturas e ciências necessários para a construção do currículo de qualidade na escola tomando como referência a normatização de uma base curricular na escola;

04 Divulgar resultados de pesquisas desenvolvidas em universidades brasileiras, que envolvam professores e técnicos das secretarias estaduais de educação no debate sobre a qualidade do ensino;

05 Possibilitar o intercâmbio entre pesquisadores, instituições e entre gestores estaduais, professores e gestores escolares para debaterem a (re) reconstrução da escola de qualidade.

 

O VI Senacem como ambiente que visa propiciar o debate acadêmico, aproximando da realidade escolar, será importante momento de produção de conhecimento. Assim, esperamos que o evento contribua para:

1. Fortalecer o debate acadêmico sobre as práticas inovadoras para uma escola de qualidade, com foco nos sujeitos escolares, nas docências e nas contribuições da base nacional para o projeto de inovação escolar;

2. Aproximar pesquisadores e discentes que discutem a temática com professores e gestores da educação básica, visando a construção de redes e intercâmbio que contribuam para a melhoria dos processos educacionais/escolares, além de possibilitar a construção de trabalhos acadêmicos, dissertações e teses sobre o tema;

3. Contribuir para a produção científica de artigos, de professores e alunos, a serem apresentados como comunicação oral e nos minicursos, que serão publicados nos anais do evento, no livro sobre educação de qualidade e na revista Ensino Interdisciplinar (UERN), entre outras revistas acadêmicas.

4. Possibilitar a aproximação dos programas de pós-graduação da UERN com outros programas já consolidados, como por exemplo da UFRN, da UFAL, da UECE, da UFC e da UERJ;

5. Incrementar o intercâmbio cultural/científico para professores e alunos dos programas de pós-graduação da UERN (PosEduc, Profensino, Posensino, Profletras etc) com outras perspectivas de docência e discência, visando o trânsito de professores e alunos entre os programas de pós-graduação;

6. Contribuir com a cultura científica escolar possibilitando que a escola apresente e discuta suas experiências exitosas e as atividades científicas, com centro na escola de qualidade, focando no desenvolvimento do senso crítico em busca da (re) construção da escola pública.

 

Image is not available
Image is not available

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Image is not available

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Play
Image is not available

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Image is not available
Image is not available

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Image is not available
Image is not available

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Palestra:
Movimentos em defesa da qualidade do ensino e da escola pública.

Image is not available
previous arrow
next arrow
Slider

Contatos:

Seminário Nacional do Ensino Médio - SENACEM
Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Instituto Federal do Rio Grande do Norte - IFRN
Faculdade de Educação - FE/UERN
Programa de Pós-Graduação em Ensino - POSENSINO

Campus Universitário Central
BR 110 - Km 46, Rua Prof. Antônio Campos, s/n - Costa e Silva
CEP: 59.633-010 - Mossoró/RN
(84) 3315-2203 (Faculdade de Educação)

senacem.uern@gmail.com